Capoeira Candidata a Património Imaterial da Humanidade

Capoeira1A capoeira, património cultural imaterial do Brasil desde 2008, é agora candidata a incluir a lista de bens Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO. Para tal, o Iphan (Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional do Brasil), enviou no ano 2012  à UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), a respetiva candidatura, aguardando-se, este ano, a decisão daquele organismo. Segundo Luíz Renato Vieira (cit.  na revista Históriaviva, n.º 103), a capoeira não está entre outros bens culturais de caráter folclórico que correm o risco de desaparecer (até porque a capoeira, atualmente, tem grande divulgação por todo o mundo). “O desafio está em manter a divulgação da capoeira com as suas características essenciais”. “Ela deve ser cantada em português, ser uma manifestação ao mesmo tempo lúdica, musical, e combativa e ser uma luta em total simulação.”

A Capoeira

capoeirareal

A capoeira é uma expressão cultural brasileira na qual se mistura arte-marcial, desporto, música e dança. Dois capoeiristas, acompanhados pelo berimbau, “iniciam um lento balé de perguntas e respostas corporais, até que um terceiro “compre o jogo” e assim desenvolve-se sucessivamente até que todos entrem na roda.”

Segundo os entendidos a capoeira teve origem entre os escravos, levados pelos portugueses de África para o Brasil a partir do século XVI, que disfarçavam a prática da luta numa espécie de dança, assim enganando os senhores dos engenhos e os capitães-do-mato.

Inicialmente a capoeira era acompanhada de palmas e de toques de tambores. Posteriormente foi inserido nesta prática o berimbau, instrumento composto por uma haste tensionada por um arame, tendo por caixa de ressonância uma cabaça cortada. A parte musical da capoeira tem também músicas que são cantadas e repetidas em coro por todos, numa roda.

“Com a aprendizagem da capoeira aprende-se a “ginga do corpo”, a “mandinga”, a capacidade de aprender a resolver uma desavença através de um jogo de esperteza, e não da força bruta e da violência.” 

Para Mestre Pastinha, “para ser um bom capoeirista a pessoa tem de saber jogar não somente capoeira: também tem de ser uma pessoa que dá exemplos através da sua atitude de disciplina, respeito e solidariedade. No jogo, é proibido usar truques e todos os mestres têm o dever de ensinar aos seus alunos que não podem colocar as mãos nos adversários. A capoeira é um símbolo da luta do escravo em ânsia de liberdade!”

Fontes: Iphan – Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional, Brasil; Revista Históriaviva, n.º 103; http://www.suapesquisa.com, 9:34, 14.o9.13; www,truenet.com.br, 9:40, 14.09.13; http://www.vocerealmentesabia.com, 10:20, 14.09.13.
Anúncios

Sobre clube11raizes

Clube de Divulgação e Defesa do Património
Esta entrada foi publicada em Curiosidades, Mais recente, Notícias, Património com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s